Condensando Osteitis: A Look at Sintomas e Tratamento

Condensando Osteitis: A Look at Sintomas e Tratamento

16 de junho de 2021 Off Por Corpo e Boa Forma

imagem16-06-2021-17-06-44

imagem16-06-2021-17-06-44

Getty Images / Aleksandar Jankovic

A osteite de Condensing não é considerada uma muito comum. No entanto, é um que pode levar a complicações se deixadas não tratadas.

A boa notícia é que seu dentista pode detectar essa condição com raios X regulares. Você também pode ser referência a um especialista conhecido como endodontista para o tratamento.

Saiba mais sobre o que a osteite condensada acarreta, se há algum sintoma para procurar, e suas opções de tratamento.

A osteite de Condensação consiste em um crescimento ósseo anormal e lesões que podem resultar de inflamações ou infecções de dentes. Também conhecida como osteite esclerosante focal, essa condição odontológica é conhecida por causar ossos mais duros, mais densos, o que.

Um diagnóstico de osteite condensado pode vir como uma surpresa, já que esta condição dental não necessariamente causa sintomas perceptíveis. Também é.

No entanto, se o seu dentista determinou que você tem essa condição, é importante buscar tratamentos recomendados para ajudar a prevenir danos maiores aos seus dentes.

Diferentemente de muitas outras questões odontológicas, a osteite condensada é em grande parte assintomática. Essa condição geralmente é descoberta durante um com.

Às vezes, as causas subjacentes iniciais da osteite condensada podem causar sintomas,. No entanto, o crescimento ósseo anormal é tipicamente indetectável sem um dentista.

A osteite de condensência é marcada por endureamento ósseo anormal (esclerose). O ardenamento ósseo, em vez de uma questão generalizada na boca. A inflamação e as infecções são pensadas como as causas primárias da osteite condensada, que pode estar associada a outras condições odontológicas.

é uma condição possível ligada a esta doença dentária, que destrói tecido dentro dos seus dentes. Uma inflamação crônica, mas leve do canal da raiz é outra possibilidade, juntamente com infecções frequentes.

No geral, a osteite condensada afeta um estimado de pessoas. Jovens para adultos mais velhos são os mais afetados. No entanto, dada a falta de sintomas, você pode não perceber que tem essa condição até que seu dentista o encontre.

Embora não seja uma condição comum em si, a osteite condensada é considerada formas de lesões de maxilar.

Diferentemente de outras doenças dentárias que podem causar destruição óssea, de osteite condensada é que ele leva à produção óssea.

A osteite de Condensação geralmente é diagnosticada após um dentista encontrar a condição em. Se você for encontrado para ter essa doença dentária inflamatória, seu dentista pode encontrar o osso se tornando mais denso em sua mandíbula, embaixo dos seus dentes.

adicionalmente, seu dentista pode realizar uma biópsia em qualquer lesão óssea se o diagnóstico for incerto para descartar outras possíveis condições odontológicas. Isso inclui tumores ou crescimentos dentro da jawbone.

Seu dentista pode encaminhá-lo a um especialista chamado de endodontista. Este é um tipo de dentista especializado em questões que afetam o interior de seus dentes. Eles também ajudam a e executam canais de raiz.

Tratamento para a osteite condensada depende da causa subjacente. Um dentista ou endodontista pode recomendar as seguintes opções:

  • a para ajudar a tratar a inflamação e quaisquer infecções em torno do dente afetado
  • antibióticos para
  • se danos permanentes à polpa são suspeitos
  • uma possível abordagem de wait-and-see para ver se sua condição avança, especialmente se nenhum outro sintomas for observado

mostrou que uma vez que os dentes foram tratados com um canal de raiz, as lesões ósseas associadas a esta condição podem resolver ao longo do tempo,. No entanto, essa inflamação pulp permanente e danos podem ainda existir.

Como a osteite condensada, a hipercementose começa a afetar os dentes sob a superfície. Ambos também molares e pré-molares ao longo da área da mandíbula.

Ambas as condições geralmente são indetectáveis até encontradas em raios-X odontológicos, mas elas diferem em sua aparência em raios-X. A hipercementose faz com que a raiz do dente pareça maior, enquanto que a osteite condensada é uma reação no osso que envolve o dente e não está diretamente presa à raiz.

No núcleo da hipercementose está a superprodução de um material chamado de cementum, que cobre as raízes dos seus dentes. Isso pode levar a dentes perceptivelmente mais grossos, alguns dos quais podem ficar presos juntos.

A osteite de condensação também pode causar dor com pulpite crônica.

Alguns de hipercementose incluem:

  • trauma do dente
  • dentes impactados
  • dentes impactados
  • inflamação (similar à osteite condensada)
  • Doença de condensado
  • doença de tireóide
  • artrite
  • febre reumática

Condensar a osteite é uma condição incomum que não costuma causar sintomas perceptíveis, ou pode causar dor leve. É mais frequentemente causada por uma inflamação crônica de baixo grau dentro do seu dente, que pode então levar a um crescimento ósseo anormal. Os pré-molares e molares são os mais afetados.

Um dentista provavelmente reconhecerá a osteite condensada em uma radiografia de rotina e pode recomendar tratamento de canal de raiz, ou possivelmente encaminhá-lo para um endodontista. Dependendo de suas descobertas, uma abordagem de wait-and-see também pode ser sugerida.

A detecção precoce e o tratamento de questões odontológicas como a osteite condensada pode reduzir o risco de problemas futuros de ossos e dentes. Com essa doença, é possível que eventuais lesões ósseas possam eventualmente voltar ao normal após o tratamento.